O que você precisa saber sobre as garças


Garça-branca-grande (Ardea alba)

Quem alguma vez se permitiu observar as garças já deve ter notado a extrema leveza e delicadeza com que se lançam ao voo. Seu peculiar bater de asas e a sutileza ao cortar o ar lembram certamente alguns movimentos do balé clássico.

É igualmente impressionante como deslocam-se por vários metros, aparentemente com pouco esforço, em um voo ligeiro mais evidenciado quando tentamos fotografá-las em deslocamento: passados alguns segundos e lá se vão no horizonte.

Há um número razoável de espécies de garças, de variadas cores e tamanhos, sendo a Garça-moura (Ardea cocoi) a maior das garças com ocorrência no Brasil.

Garça-moura (Ardea cocoi)

Garça-moura (Ardea cocoi) - detalhe da face e do pescoço

São espécies mais conhecidas a Garça-branca-grande (Ardea alba) e a Garça-branca-pequena (Egretta thula), ambas de igual ocorrência em todo o país. Embora comumente confundidas, apresentam distinções importantes. A garça grande, por exemplo, tem o bico amarelo e as pernas e os pés pretos, enquanto a garça pequena, além de ser visivelmente menor em tamanho, tem o bico preto e os pés amarelos.


Garça-branca-grande (Ardea alba) - no detalhe: bico amarelo
(a área esverdeada ao redor do olhos indica período reprodutivo)

Garça-branca-pequena (Egretta tula) - no detalhe: bico preto

Essas espécies apresentam uma plumagem especial durante o período reprodutivo (as chamadas egretas, muito usadas no passado como adorno de chapéus), quando se enfeitam para o acasalamento. No caso da garça grande, é interessante notar a coloração ao redor dos olhos, que ganha tons esverdeados nesse período (veja o detalhe na foto mais acima).

No Rio de Janeiro, é possível observar essas garças sobrevoando a Lagoa Rodrigo de Freitas e, de maneira geral, os diversos corpos d’águas espalhados pela cidade, sempre nos proporcionando um balé aéreo de inegável beleza.


Pílula Ecológica

A Ecofonte (Spranq eco sans) é um estilo de fonte sem restrições comerciais de uso desenvolvido para a economia de tinta nas impressões. Inclui pequenos círculos dentro dos traços que formam as letras que não são preenchidos com tinta quando o documento é impresso. Embora haja diferenças perceptíveis na tela do computador, não há perda de qualidade na impressão.

A Advocacia-Geral da União - e outros órgãos públicos - adotou seu uso e estima uma economia anual de R$ 500 mil. Quando utilizada a Ecofonte no tamanho 10, que corresponde ao Times New Roman (tamanho 12) e Arial (tamanho 11), o gasto com tinta nas impressões reduz em 26% (para ter acesso ao comunicado da AGU, clique aqui).

Além da economia de dinheiro, a medida diminui a poluição causada pela fabricação e utilização dos tonners de tinta, contribuindo para a conservação ambiental. O site do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região disponibilizou um link seguro para acesso ao arquivo de instalação, totalmente gratuito (para ser direcionado ao site do TRT, clique aqui).

No momento, ainda não é possível a utilização da Ecofonte na plataforma do blog Aves & Árvores. No futuro, caso haja disponibilidade, estudaremos a viabilidade de seu uso por aqui.



Cadastre-se

* preenchimento obrigatório

6 comentários:

  1. Que belas fotos!
    Nunca havia reparado na garça branca grande com o detalhe esverdeado ao redor dos olhos, super interessante.
    Parabéns pelas informações!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Isaura! Essa coloração esverdeada ao redor dos olhos é mesmo muito interessante de se observar, assim como outros detalhes que somente aparecem durante o período reprodutivo. Há sempre uma novidade para acompanhar no fascinante mundo da observação das aves. Um bj.

      Excluir
  2. Ótimo texto informativo e belas imagens representativas. Parabéns! Fernando Pacheco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fernando! Fico feliz que tenha gostado da matéria. A ideia foi mesmo informar e transmitir a beleza das garças. com quem, a exemplo de outras aves e seres vivos, estamos sempre nos deleitando ou aprendendo algo útil. Agradeço sua visita e por ter deixado aqui sua impressão sobre o post. Um abraço!

      Excluir
  3. lindas garças! confesso que não nos damos conta destas diferenças ao contemplar seus belos voos. Muito interessante sua informação sobre Ecofonte. Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, mãe. Que bom que gostou! São esses pequenos detalhes e diferenças que tornam a observação de aves ainda mais interessante. Um bj.

      Excluir